sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Religiões


Bom dia, tarde e noite, meus amigos!
Desta vez venho escrever esse post, após ver a notícia de que um pastor protestante americano pretende queimar o Alcorão, livro sagrado dos muçulmanos, no dia 11 de Setembro, data trágica para os americanos devido ao atentado em que foram lançados 2 aviões nas torres gêmeas do complexo World Trade Center (principal símbolo de poder econômico dos EUA na época), morrendo várias pessoas.
Creio que mesmo sendo esse ato uma espécie de protesto ao atentado, não há porquê realizá-lo após tanto tempo do ocorrido e também nada há de válido em reascender a chama do medo de novos atentados contra o país.
O que esse pastor demonstra, é o mesmo rebaixamento de pensamento e atitudes, em que se leva a religião ao ponto extremista de não considerar outros como irmãos, num egoísmo absurdo no qual se enxerga apenas a visão própria como sendo a melhor (o que ocasiona, logicamente as intermináveis guerras santas na região do Oriente Médio, por exemplo).
Já não cabe mais nos dias de hoje, a intolerância para com grupos religiosos diferentes; a sociedade está mudando inteiramente sua visão (com a diversidade de pensamentos, hábitos e estilos de vida), e isso deve valer também para as doutrinas religiosas; afinal, se a base de todas as religiões é o respeito a si mesmo e ao próximo, como as pessoas podem matar ou realizar atos "desumanos" em nome de Deus? Isto realmente é contraditório e perigoso...
Não devemos confundir a adoção de uma filosofia com o fanatismo. Tudo tem seu equilíbrio, e creio que "vários caminhos levam a Deus". Não há nenhum totalmente correto ou incorreto, desde que se sigam os princípios dos quais citei antes, de respeito e amor.
Enfim, o ato desse pastor, se realmente for concretizado, só levará a mais ódio, medo, indignação e rancor. Literalmente será um novo atentado (assim como as torres gêmeas), inaceitável nos dias atuais.
Que Deus nos ajude...

20 comentários:

  1. concordo. sou espírita e fico indignada com o tanto de preconceito que vejo entre as religiões e principalmente contra a minha. tem uma em particular que deixemos quieto mas enfim... acho que não foi o povo todo que foi lá fazer o atentado, então deixa eles terem suas crenças em paz ! queria ver se queimassem a bíblia deles pra ver o que acontecia ! o ponto mais importante é o amor ao próximo, senão não existiria religião ! quer dizer... hoje existem religiões mesmo sem isso ¬¬ aiai

    ResponderExcluir
  2. Teu texto abre espaço para muitas discussões, pensei sobre diversos temas durante a leitura. Religião, enquando doutrinha que se segue por imposição,é realmente perigosa, embora essa palavra possua possa ter uma boa abordagem dependedo de como é exercida, o ruim é quando pessoas agem de má fama ao ponto de deixar um esteriópico muito ruim sobre esse conceito.Mas enfim, sei muito pouco a respeito do islamismo para entender os interesses desse pastor, é complicado analisar casos como esses quando não conseguimos nos colocar no lugar de quem está agindo. fiquei contente por tua visita, te aguardo outras vezes, até mais.

    ResponderExcluir
  3. Esse pastor é um verdadeiro idiota querendo gerar mais violência ao cometer este ato insano. Os terroristas são fanáticos religiosos e este pastor demostra que possui a mesma ideologia deles.
    O mundo precisa de paz e não de guerra.

    ResponderExcluir
  4. É assim mesmo...sou evangélica mas não concordei com o que esse pastor queria fazer!
    Mas fico triste por um erro de um,todo o grupo acaba sendo meio que crucificado sabe?
    Vc é fisioterapeuta?
    Muito legal!
    Como bailarina vou precisar bastante de seus conselhos!
    =D

    ResponderExcluir
  5. Fabio!
    Primeira vez q passo por aqui.
    Parabéns pelo seu blog!..Interessante!!..As vezes esqueço q tu és inteligente..kkk...sempre ocupada fotografando né..rsrs...Aliás quarteto completo, vc jornalista, eu fotógrafa, Mi coordenadora e o gordo motorista..kkk..(brincaderinha Gordo!)

    ResponderExcluir
  6. boas palavras sábio guru... o complicado é atingirmos esse equilíbrio nessa sociedade desequilibrada.

    visite o nosso blog e faça uma cortesia retribuindo esse comentário. se gostar siga que te seguiremos tmbm (deixe avisado no comentário)

    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Também sou evangélico e não entendi o porque desse "padre" querer fazer isso!

    ResponderExcluir
  8. O texto do qual você colocou é algo muito polemico do qual sempre vai estar em discução. Muito boom! Gostei bastante!

    ResponderExcluir
  9. Muito polemico isso. É ridiculo os preconceitos de religiões, por isso não tenho nehuma, acredito em Deus, mas prefiro não seguir nehuma religião. Bjs

    http://coposcheiosdevodkaerocknroll.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá...

    Por acaso parei aqui no teu espaço e fiquei contente com isto. Primeiro por causa desta sua postagem, pois concordo plenamente com o que você defende:"Não devemos confundir a adoção de uma filosofia com o fanatismo. Tudo tem seu equilíbrio, e creio que 'vários caminhos levam a Deus'. Não há nenhum totalmente correto ou incorreto, desde que se siga os princípios dos quais citei antes, de respeito e amor"; segundo porque achei interessante o fato de que eu escrevi em meu Blog ontem acerca também das religiões e em terceiro lugar por você também gostar da filosofia (é uma área que eu vislumbro conhecer profundamente).

    Comunicação realmente é vida!
    Desejo-lhe um ótimo final de semana...

    ResponderExcluir
  11. Muito bom seu texto. Só Deus mesmo pra nos ajudar! Colocar juizo na cabeça dessas pessoas.

    ResponderExcluir
  12. Não gosto muito de papo de religião até porque é um tema muito polêmico. Sou evangélico e amo a minha religião,rs. Seu blog ta de parabéns amigo, boa sorte com ele. =D
    Se der dá uma passadinha lá no meu, o tema do meu blog é jogos online. abração mano!!!

    ResponderExcluir
  13. eu sou ateu, então fica meio difícil falar sobre isso... mais eu gostei do teu ponto de vista.
    se existe um deus com certeza ele não aprova esses tipos de atitudes terroristas.
    tem um limite para tudo eu acho.

    obs:estou te seguino :D

    ResponderExcluir
  14. Nossa, tanto tempo depois e mesmo assim ainda pensam em fazer algo conta. É que nem vc disse, isso deve ser deixado pralá. porq se não só vai chamar maios atentados para o país.
    Nossa, pode deixar tudo do jeito q esta, está ótimo assim.

    ResponderExcluir
  15. religioes nao devem se confundir e nem se meter uma na outra.

    por isso eu sou agnostico! -.-"

    ResponderExcluir
  16. O objetivo da(s) religião é religar e não dividir.

    Estou te seguindo, aguardo retribuição!

    ^^

    http://gibitecalomania.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Bom post...
    Não pratico nenhuma religião, tenho Deus como criador e acho que "religiões" só foram criadas pra separar os povos.
    Passa la tbm... ;)
    http://estigmaangel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. O ato desse pastor nada mais é do que uma demosntração em que nem os que se dizem ensinar como seguir a Deus fazem de fato seus papéis com perfeição. Como uma pessoa que se diz religiosa e temente a Deus, ameaça queimar um livro tido como base para outra religião apenas porque ele chegou em uma conclusão absurda (porque qualquer conclusão para um ato assim é concerteza absurdo)??
    As pessoas hoje em dia são muito hipócritas, na verdade todo mundo é e sempre foi desde os primórdios, mas nós vemos mais transparentes em pessoas religiosas que diz fazer algo quando na verdade condradiz nos próprios atos.

    Obrigada por visitar meu blog. Espero que tenha gostado e que volte outras vezes. Abraços!!! :)

    http://circulospsicodelicos.wordpress.com

    ResponderExcluir